Perguntas frequentes de suporte sobre unidades SSD

Expand All
Perguntas para resolução de problemas
Após a formatação, a capacidade da minha unidade SSD é menor do que a anunciada. Porquê?
Definição de capacidade: a KIOXIA define um megabyte (MB) como equivalente a 1.000.000 bytes, um gigabyte (GB) como equivalente a 1.000.000.000 bytes e um terabyte (TB) como equivalente a 1.000.000.000.000 bytes. Contudo, o sistema operativo de um computador indica a capacidade de armazenamento através de potências de 2 para a definição de 1 GB = 230 = 1.073.741.824 bytes e, portanto, indica menos capacidade de armazenamento. A capacidade de armazenamento disponível (incluindo exemplos de vários ficheiros de multimédia) variará consoante o tamanho do ficheiro, a formatação, as configurações, o software e o sistema operativo, como o sistema operativo da Microsoft e/ou aplicações de software pré-instaladas ou conteúdo de multimédia. A capacidade formatada real pode variar.
Não consigo iniciar o sistema a partir da minha unidade SSD EXCERIA PLUS/SSD EXCERIA. O que posso fazer?
Isso pode dever-se a vários motivos. Verifique se o sistema ou a motherboard são compatíveis com NVMe™. Se não forem, apenas poderá utilizar a unidade SSD EXCERIA PLUS/SSD EXCERIA como um dispositivo de armazenamento e não como um dispositivo de arranque.

Se se certificou de que o sistema ou a motherboard são compatíveis com NVMe™ e não consegue iniciar o SO instalado na unidade SSD EXCERIA PLUS/SSD EXCERIA, consulte os pontos seguintes:

- A unidade é reconhecida pelo BIOS/UEFI?
- A unidade SSD EXCERIA PLUS/SSD EXCERIA está no topo da lista de prioridades de arranque?
- Se utiliza uma ranhura M.2 integrada, estará a largura de banda desta ranhura a ser partilhada com outros suportes de dados em utilização? O manual do sistema/da motherboard contém informações sobre a partilha de largura de banda por suportes de dados.

Se continuar a ter problemas, contacte a nossa equipa de suporte.
Porque é que a minha unidade SSD SATA está mais lenta do que deveria?
Se sentir que o sistema tem um desempenho inferior quando utiliza a unidade SSD SATA, isso pode dever-se a um dos seguintes motivos:

1. Método de referência diferente
Todos os modelos de unidades SSD SATA têm especificações compatíveis com a referência ATTO para determinar as velocidades de leitura e de gravação sequenciais. Outras ferramentas podem ter padrões de referência, configurações (diferentes profundidades de fila, tamanhos de bloco, etc.) e tamanhos de ficheiro diferentes e, portanto, podem produzir resultados diferentes.

2. Controlador SATA de terceiros de baixo desempenho
Muitas motherboards apresentam controladores SATA integrados adicionais de fornecedores como a Marvell, ASMedia, etc. Estes controladores podem não ter largura de banda PCIe suficiente e/ou ter métricas de desempenho geralmente inferiores em comparação com a solução do fornecedor do chipset. Em alguns casos, em motherboards mais antigas, o controlador SATA2 (AMD ou Intel®) do fornecedor original pode até ter um desempenho superior ao de um controlador SATA3 de terceiros.

3. Utilizar o controlador SATA no modo IDE em vez de AHCI ou RAID
Todas as unidades SSD SATA EXCERIA são otimizadas para serem utilizadas num controlador SATA executado no modo AHCI; o modo RAID também funcionará. No entanto, o modo IDE pode causar um desempenho da unidade inferior ao especificado.

4. Controlador desatualizado ou não otimizado
Todos os sistemas operativos modernos incluem controladores AHCI padrão. No Windows, fornecedores como a AMD, a Intel®, a Marvell, entre outros, oferecem conjuntos de controladores AHCI adicionais que podem melhorar o desempenho da unidade SSD. Consulte o site do fornecedor do chipset para obter os pacotes de controladores disponíveis.

5. SSD SATA de 6 Gbit/s em controlador SATA de 3 Gbit/s
Todas as unidades SSD SATA EXCERIA estão em conformidade com a norma SATA Revision 3.0 ou posterior e suportam a velocidade de ligação SATA de 6 Gbit/s. Exigem um controlador SATA de 6 Gbit/s para alcançar as métricas de desempenho especificadas. Todas as unidades SSD SATA EXCERIA estão em conformidade com a norma SATA Revision 3.0 ou posterior e suportam a velocidade de ligação SATA de 6 Gbit/s. Exigem um controlador SATA de 6 Gbit/s para alcançar as métricas de desempenho especificadas. Todos os modelos são compatíveis com controladores SATA de 3 Gbit/s, embora possam apresentar um desempenho limitado, com uma velocidade máxima de, normalmente, 250 a 260 MB/s.
O Windows não reconhece a minha unidade SSD com uma letra de unidade quando a ligo. O que devo fazer?
Certifique-se de que os cabos de dados e de alimentação estão corretamente ligados à sua unidade SSD.

Se estiverem, terá de inicializar a unidade SSD no Windows, para a poder utilizar.

Siga estes passos:

- Aceda ao Painel de Controlo -> Ferramentas Administrativas -> Gestão de computadores -> Gestão de discos
- Depois de a unidade SSD ser reconhecida, é apresentada uma janela de pop-up
- Siga as instruções para inicializar e formatar a unidade
- Atribua uma letra de unidade à unidade
- Quando o processo terminar, a nova unidade SSD é apresentada no Explorador do Windows com a letra de unidade que atribuiu anteriormente.
Como instalo a unidade SSD EXCERIA PLUS ou a SSD EXCERIA como uma unidade de arranque?
Para instalar a unidade SSD EXCERIA PLUS ou SSD EXCERIA como uma unidade de arranque, verifique se respeita os seguintes critérios:

- A motherboard ou o sistema possui uma ranhura M.2 livre
- A motherboard ou o sistema é compatível com a tecnologia NVMe™ (consulte o manual do fabricante)
- Não partilha recursos com outro dispositivo que poderia tornar a referida ranhura inutilizável (por exemplo: ranhura M.2 desativada se determinadas portas SATA estiverem a ser utilizadas; consulte o manual do fabricante).
- Certifique-se de que o suporte de dados de instalação que pretende utilizar contém a versão mais recente do SO que está prestes a instalar. O Windows 8.1 e versões posteriores têm controladores NVMe™ integrados e não necessitam de controladores adicionais para concluir a configuração.
Estando os requisitos cumpridos, instale a unidade SSD NVMe™ na ranhura pretendida e introduza o suporte de dados de instalação do SO. O processo seguinte deve ser semelhante à instalação do SO numa unidade SATA:

  1. Inicie o sistema a partir do suporte de dados de instalação do SO
  2. Escolha a unidade em que pretende instalar o sistema
  3. Conclua a instalação
  4. Reinicie o sistema e aceda ao BIOS
  5. Ajuste a lista de prioridades de arranque para mover a unidade SSD NVMe™ para o topo da lista (em alternativa, aceda ao "Gestor de Arranque do Windows" na unidade SSD NVMe™, no caso de uma instalação UEFI)
Perguntas sobre produtos
Posso utilizar a unidade SSD EXCERIA PLUS/SSD EXCERIA num MacBook (Pro) com uma ranhura M.2?
Não, a Apple utiliza ranhuras próprias que não funcionarão com unidades M.2 padrão, como as SSD EXCERIA PLUS/SSD EXCERIA.
Tenho interesse na unidade EXCERIA PLUS SSD/EXCERIA SSD. Que pré-requisitos devem ser cumpridos?
Agradecemos o seu interesse pela unidade SSD EXCERIA PLUS/SSD EXCERIA! Para utilizar a unidade SSD EXCERIA PLUS/SSD EXCERIA, é necessário:

- Uma motherboard ou um sistema com uma ranhura M.2 PCIe livre. Isto não deve ser confundido com uma ranhura M.2 SATA ou mSATA.
- O BIOS/UEFI da motherboard ou do sistema tem de ser compatível com a tecnologia NVMe™ se pretender utilizar a SSD EXCERIA PLUS/SSD EXCERIA como uma unidade de arranque do sistema (consulte o fabricante da motherboard ou do sistema para obter mais informações).
- O seu sistema operativo tem de ser compatível com unidades NVMe™.
As unidades SSD EXCERIA PLUS e SSD EXCERIA funcionarão em qualquer ranhura M.2?
As unidades SSD EXCERIA PLUS e SSD EXCERIA funcionarão em qualquer ranhura M.2 compatível com PCIe NVMe™.

Os sistemas incompatíveis são:

- M.2 apenas com SATA ou PCIe AHCI legado. As ranhuras mSATA, que são facilmente confundidas com ranhuras M.2, também são incompatíveis.
- Ranhuras M.2 WWAN que são, geralmente, compatíveis apenas com módulos WAN sem fios.
Preciso de material de montagem adicional para instalar as unidades SSD EXCERIA PLUS ou SSD EXCERIA?
Sim, normalmente, precisa de um parafuso para a instalação na ranhura M.2. Contudo, muitos sistemas ou motherboards com uma ranhura M.2 devem incluir o parafuso necessário para montar as unidades SSD EXCERIA PLUS ou SSD EXCERIA.
As configurações RAID com unidades SSD SATA são uma opção viável?
Sim. Os benefícios em termos de fiabilidade e/ou desempenho que se podem obter através de configurações RAID HDD SATA podem ser obtidos com configurações RAID SSD SATA. A configuração, a manutenção, os níveis de RAID, entre outros, são exatamente os mesmos das unidades HDD SATA.
Preciso de fazer alterações ao UEFI/BIOS do meu sistema para instalar uma unidade SSD SATA EXCERIA?
A sua unidade SSD SATA EXCERIA necessita do modo SATA para AHCI ou RAID, se a predefinição for IDE. Em sistemas mais antigos, recomendamos mudar o modo SATA para AHCI ou RAID se a predefinição for IDE.
A unidade SSD SATA EXCERIA inclui um suporte de montagem de 2,5" para 3,5"?
Não, a unidade SSD SATA EXCERIA não inclui um suporte de montagem de 3,5".
Os produtos SSD da marca EXCERIA incluem um cabo SATA?
Nenhum dos produtos SSD atuais da marca EXCERIA incluem um cabo SATA.
Todas as unidades SSD EXCERIA da KIOXIA suportam TRIM?
Sim, todas as unidades SSD EXCERIA da KIOXIA atualmente disponíveis no mercado suportam TRIM.
O Windows suporta TRIM?
Sim, todas as versões do Windows a partir do Windows 7 e do Windows Server 2008 R2 suportam o comando TRIM.
O Indexador do Windows Search funciona de forma diferente nas unidades SSD?
Não. Funciona exatamente como funcionaria em unidades HDD.
É recomendada a compressão NTFS de ficheiros e diretórios em unidades SSD?
A compressão de ficheiros ajuda a poupar espaço, mas o esforço de compressão e descompressão requer ciclos extras de CPU e, consequentemente, de energia em sistemas móveis. Portanto, para diretórios e ficheiros que não sejam modificados com frequência, a compressão é uma excelente forma de conservar o espaço precioso da unidade SSD e pode ser um bom compromisso se o espaço for realmente muito importante.

Contudo, não recomendamos a compressão de ficheiros ou diretórios que serão gravados com muita frequência. Poderá consumir o ciclo de gravação da unidade SSD e reduzir a vida útil da mesma. O seu diretório de documentos e os seus ficheiros não devem ser afetados, mas não recomendamos comprimir os diretórios temporários de Internet ou os diretórios de pastas de correio, pois gravam um grande número de ficheiros de cada vez.
Devo desligar todas as outras unidades de armazenamento antes da instalação?
Sim. Desligue todas as outras unidades de armazenamento. Ligue apenas a unidade SSD EXCERIA da KIOXIA e o suporte de dados de instalação do SO (USB ou DVD). Se estiverem ligadas várias unidades no momento da instalação, o instalador poderá, por vezes, colocar ficheiros críticos noutras unidades.
Posso fazer a partição da minha unidade SSD?
Sim, pode fazer a partição de qualquer unidade SSD, tal como faria com uma unidade HDD.
O ficheiro de paginação deverá ser colocado na unidade SSD?
Sim. A maioria das operações de ficheiros de paginação são pequenas leituras aleatórias ou gravações sequenciais maiores, sendo ambas tipos de operações que as unidades SSD processam bem.
Perguntas sobre o SSD Utility e o firmware
Como posso instalar um firmware numa unidade que faz parte de uma matriz RAID SATA?
Para atualizar a sua unidade SSD SATA EXCERIA, tem de executar o controlador SATA no modo AHCI. O SSD Utility não consegue comunicar com uma unidade que faz parte de uma matriz RAID. Para atualizar as unidades SSD SATA EXCERIA numa matriz RAID, faça uma cópia de segurança dos seus dados e desative temporariamente o modo RAID. Atualize o firmware das suas unidades com o SSD Utility e configure o modo do controlador SATA novamente para RAID.
Quais são as novidades de uma atualização de firmware para a minha unidade SSD?
A cada nova versão de firmware, a KIOXIA publica as chamadas "notas de versão". Esta lista contém todas as correções e melhorias realizadas numa versão de firmware em particular.

Para encontrar as notas de versão do novo firmware da sua unidade SSD, aceda a
personal.kioxia.com/support e visite a página Transferências.

Depois de escolher o modelo da sua unidade, receberá a versão de firmware mais recente e as respetivas notas de versão, se existirem. As alterações podem incluir melhorias de desempenho, melhorias de compatibilidade ou até correções de erros.
O que significa um alerta High Unsafe Power Loss (Perda elevada e perigosa de alimentação) no SSD Utility?
Normalmente, tal ocorre quando um PC ou sistema corta a alimentação da unidade muito rapidamente quando se desliga ou entra no modo de poupança de energia. O SSD Utility oferece uma opção para suprimir estes alertas no separador "Settings" (Definições).
Por que motivo devo atualizar o firmware da minha unidade SSD?
Um firmware é um software integrado muito semelhante a um BIOS. Fornece aos dispositivos eletrónicos conjuntos de instruções de software essenciais. Sem um firmware, os dispositivos eletrónicos não teriam o "conhecimento" sobre como funcionar. Nas unidades SSD, o firmware é responsável pela forma como a unidade comunica com o sistema em que está instalada, pela gestão do TRIM, pela libertação de memória e gere a forma como os dados são distribuídos pela capacidade da unidade. As atualizações do firmware podem conter melhorias em termos de compatibilidade, desempenho ou fiabilidade, bem como correções de erros que possam ter causado problemas em determinadas situações. A KIOXIA recomenda que mantenha o firmware das unidades SSD atualizado.

PAGETOP